Circuito Paranaense de Águas Abertas reúne 450 atletas na Praia Central de Guaratuba

Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

Objetivo do evento é colocar o Paraná no cenário da natação em águas abertas no Sul do País. Evento esportivo fechou a programação da temporada 2023/2024 do Verão Maior Paraná.

A 1ª etapa do Circuito Paranaense de Águas Abertas movimentou o mar e as areias da Praia Central de Guaratuba, no Litoral do Estado. A competição, realizada neste domingo (25), reuniu 450 atletas em quatro categorias. O objetivo do evento é colocar o Paraná no cenário da natação em águas abertas no Sul do País.

A competição foi promovida pelo Governo do Estado em parceria com a Federação de Desportos Aquáticos do Paraná (FDAP) e integra as programações do Verão Maior Paraná e dos Jogos de Aventura e Natureza (JAN), da Secretaria de Estado do Esporte.

Logo no início da manhã, foi disputada a prova de 5 mil metros. Na sequência, foram as provas de 400 metros para Iniciantes e PCD; de 1.500 metros para Petiz, Infantil, Juvenil, Júnior e Sênior; e de 750 metros, também para Petiz, Infantil, Juvenil, Júnior e Sênior, além de PCD.

A atleta Isabella Sezerino, de 12 anos, veio direto de Itajaí (SC) para conquistar dois primeiros lugares gerais da competição: 5 mil metros feminino e 1.500 metros feminino. “As provas foram bem disputadas. Foi minha primeira vez nadando na prova de cinco quilômetros e eu gostei muito da experiência. Eu pratico natação desde os 3 anos e nado em águas abertas desde os 10”, conta Isabella, que logo irá começar a disputar provas nacionais. “O evento está bem organizado, as boias estão sempre no lugar certo, o apoio dos salva-vidas, tudo muito bom. Só agradecer pelo evento.”

    Também na prova de 5 mil metros, o atleta Lucas Davesac Machado, 18 anos, levou a melhor e conquistou o troféu de primeiro lugar geral masculino. “Foi uma prova fácil, o mar estava mais tranquilo, bom de nadar, e isso facilita para enxergar as boias que nos orientam dentro do mar. Ano passado eu competi aqui também, gosto bastante da praia, do Paraná, é sempre legal nadar aqui”, disse. “A prova foi bastante segura, tinha bastante caiaqueiro, bombeiros, é uma prova bem organizada”, ressalta o atleta.

    Já na prova de 1.500 metros, o catarinense Enzo Lessa Aoki, 15 anos, foi o grande vencedor e com folga. Abriu cerca de um minuto de vantagem do segundo colocado. “Eu consegui abrir uma vantagem no começo, mas tive que correr no final, foi difícil mas deu certo. Já conhecia Guaratuba, acho a praia bem bonita e a água é bem parecida com Santa Catarina, só que lá não tem tantas competições. O bom daqui é que dá pra disputar com equipes diferentes”, disse, sobre a programação intensa de competições no Paraná, dentro dos JANs.

    APOIO NO MAR — Visando garantir a segurança dos participantes, três barcos acompanharam toda a extensão da prova, enquanto jet skis e stand ups ficaram à disposição para assegurar assistência imediata em caso de necessidade dos atletas.

    O consultor técnico da FDAP, Ederley Scremin, destaca que o grande objetivo da Federação é fomentar o “nascimento” de atletas nas categorias aquáticas. “São mais de 450 atletas participando e o evento foi um sucesso. Provas bem disputadas, a organização está excelente com uma infraestrutura em parceria com o Governo do Estado. A Federação tem por objetivo desenvolver as modalidades aquáticas e águas abertas é uma delas”, explicou Scremin. “A parceria com a Secretaria do Esporte tem sido fundamental para ajudar a desenvolver a modalidade e vamos colher grandes frutos no futuro”.

    Para o diretor de Inovação e Desenvolvimento do Esporte da Secretaria, Tiago Campos, a competição fecha mais uma edição histórica do Verão Maior Paraná. “Sucesso total aqui em Guaratuba, nadadores de várias regiões do Paraná e de fora e uma inovação: pela primeira vez a prova de cinco quilômetros é feita no Paraná. É motivo de muito alegria, prorrogamos a Operação Verão para até o final de fevereiro, e estamos vendo esse movimento nas praias”, afirma Campos.

    “A ideia do governador Ratinho Júnior e do secretário Helio Wirbiski é de movimentar o Litoral e a Costa Noroeste através do esporte e da cultura, além de fomentar a economia das cidades, trazendo atletas, seus familiares, e essa extensão da Operação Verão com os JANs beneficiou muito os municípios, pois estamos beirando março e as praias continuam movimentadas, rede hoteleira cheia, restaurantes bombando”, acrescenta Tiago Campos.

      OUTROS ESPORTES — Além do Circuito de Águas Abertas de Guaratuba, outras competições também foram realizadas no Litoral do Estado, finalizando a programação de esporte no Verão Maior Paraná 2023/2024. No sábado, ocorreu o Torneio Interclubes de Caiaque, em Antonina, buscando incentivar a pesca esportiva seguindo o princípio do pesque e solte da espécie robalo.

      Em Matinhos, a 1ª etapa do Circuito Paranaense de Surf Amador teve início no sábado e encerrou a programação neste domingo, no Balneário Gaivotas. Foram mais de 120 atletas de diversas categorias, como Sub 12, Sub 14, Sub 14 Feminino, Sub 16, Sub 16 Feminino, Sub 18, Universitário, Curitiba, Master, Grand Master, Open Feminino e Open. O evento foi promovido pelo Governo do Paraná, em colaboração com a Hurley e da 30 Pés.

      VERÃO MAIOR PARANÁ – O Verão Maior Paraná reuniu uma série de ações voltadas aos veranistas e moradores dos municípios do Litoral, além de Porto Rico e São Pedro do Paraná, no Noroeste. Foram ofertadas atividades esportivas e de lazer que incluíram aulas de ginástica, dança, caminhadas, recreação infantil, shows, torneios e competições nacionais e internacionais, programação inclusiva e educação ambiental. Veja a programação no site www.verao.pr.gov.br.

      Compartilhe!

      Facebook
      Twitter
      LinkedIn
      WhatsApp
      Weather data of this location not found.
      plugins premium WordPress