Escolas públicas do Litoral do Paraná recebem mostra de artes 

Alunos da rede municipal de Paranaguá vão acompanhar grupos de diferentes locais do país com apresentações de teatro e música instrumental 

Educação e cultura estarão juntas neste mês de outubro em escolas municipais de Paranaguá, no Litoral do Paraná. Isso porque estudantes de instituições de ensino poderão acompanhar apresentações de teatro e música instrumental na 2ª edição da CRIA – Mostra de Artes, entre os dias 19 e 27 deste mês. O projeto é realizado pela ViraVolta Cultural, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da empresa TCP – Terminal de Contêineres de Paranaguá, e conta com a coordenação geral de Ligia Ferreira e produção executiva de Flávio Araújo. 
 

A expectativa dos organizadores é que as apresentações impactem cerca de 900 espectadores nas escolas atendidas, entre professoras, estudantes e funcionárias. 
 

O projeto nasceu a partir do desejo dos idealizadores de levar para dentro das escolas públicas produtos culturais de qualidade e que permitam à comunidade escolar o acesso a produções artísticas diferenciadas, conforme explica o produtor Flávio Araújo. “Acreditamos que proporcionar para as crianças o contato com diferentes expressões artísticas, de grupos profissionais de diversas regiões do Brasil contribui positivamente para uma vivência cultural rica e plena. É uma troca orgânica, bonita e que valoriza os encontros. Apostamos nesse trânsito em prol do amadurecimento do senso crítico individual para quem vem e para quem vai”, diz. 
 

Houve uma primeira etapa do projeto em junho de 2023, no município de Paranaguá, quando 1,1 mil pessoas foram beneficiadas. Agora, no mês de outubro, cinco instituições de ensino serão atendidas: Escola Gabriel de Lara, Escola Professora Berta Rodrigues, Escola Nydia Moreira, Escola Castelo Branco e APAE. Na ocasião, a comunidade escolar terá a oportunidade de acompanhar as atrações dentro das instituições de ensino. 
 

Critérios para escolha 

Conforme conta a coordenadora, o objetivo na escolha destes locais foi abranger diferentes comunidades, sempre em acordo com a Secretaria Municipal de Educação de Paranaguá. “Buscamos atender diversos bairros do município, descentralizando as ações culturais que costumam ocorrer nos centros das cidades. Dessa forma, colaboramos com a democratização do acesso à cultura”, afirma. 

Para a realização do projeto, foram selecionados três grupos culturais: um de Santo Antônio do Pinhal (SP), outro de Olinda (PE) e um de Brasília (DF). Para a escolha destes grupos, foi feita uma pesquisa pela produção, em busca de artistas ou companhias que tivessem trabalhos que valorizassem a cultura brasileira e que se adaptassem facilmente aos espaços escolares. 
 

Serviço 

Coordenação geral: Ligia Ferreira 

Produção executiva: Flávio Araújo 

Designer: Amanda Lopes 

Assistente de produção: Dayanne C. Gomes 

Intérpretes de libras: Jéssica Honório 
 

Programação 

  • Lampejo Trio (Santo Antônio do Pinhal/SP) 
     

Sobre o grupo: é formado por Alan Silva, no violão 7 Cordas, Everton Campos, na flauta transversal e Ricardo Perez, no pandeiro.  

Apresentações:  

Dia 19 de outubro, às 09h e às 14h, na Escola Gabriel de Lara 

Dia 20 de outubro, às 10h e às 14h, na Escola Profa. Berta Rodrigues 

Repertório: 

Um Chorinho no Kalevala – Alan Silva 

Um Chorinho pra Bartira – Alan Silva 

Vamo que Vamo – Alan Silva 

Dibuiado – Everton Campos 

Fácil não é – Everton Campos 

Polvorosa – Everton Campos 

Frevo pra São Sebastião – Alan Silva 

Forró Buzelli – Alan Silva 

Amizade – Everton Campos 

Atração: Show Trinca Ferro 

Sinopse: Mergulhando nas raízes do choro com suas interpretações e improvisações, o Lampejo Trio transporta a plateia para uma atmosfera de nostalgia e alegria, celebrando a tradição e a inovação do gênero em uma experiência musical única. 

Ficha Técnica 

Violão 7 Cordas: Alan Silva 

Flauta Transversal: Everton Campos 

Pandeiro: Ricardo Perez. 

Produção: ASV Produções 

Classificação: Livre 

Duração: 35 minutos 

  • Mamulengo Água de Cacimba (Olinda/Pernambuco) 
     

Sobre o grupo: nasceu do acervo de bonecos deixado como herança pelo mestre mamulengueiro Afonso Miguel Aguiar (1957/2019) a uma de suas filhas, Mariana Acioli. Desde 2019, o grupo vem apresentando sua primeira brincadeira, “A Flor do Mamulengo”, em praças, escolas, projetos sociais e festivais em Pernambuco e no Brasil. 
 

Apresentações: 

Dia 26 de outubro, às 10h, na Escola Nydia Moreira – Acessível em Libras 

Dia 27 de outubro, às 10h, na APAE 
 

Atração: A Flor do Mamulengo 

Sinopse: encena o cotidiano familiar do vaqueiro Benedito, da agricultora Joaninha e de Dona Prazeres, parteira que vem ajudar o filho do casal a nascer. A brincadeira também traz o boi e a cobra, além dos personagens “Janeiro vai-Janeiro vem”, “Palhaço da Vitória” e “Quitérias”, bonecos e bonecas tradicionais do mamulengo pernambucano.  
 

Ficha Técnica: 

Elenco: Mariana Acioli e Allan de Freitas 

Música: Allan de Freitas 

Direção: Mariana Acioli 

Figurino: Mariana Acioli 

Cenografia: Mariana Acioli e Allan de Freitas 

Produção: Allan de Freitas 

Classificação: Livre 

Duração: 50 minutos 

  • Mamulengo Presepada (Brasília/DF) 

Sobre o grupo: criado por Chico Simões nos anos 80, tem como foco o trabalho com o Teatro Popular de Bonecos do Nordeste (Mamulengo, Babau, João Redondo, Calunga, Cassimiro Coco, dentre outros). São mais de 30 anos de estrada e de luta, mais de 2.500 apresentações e 25 países visitados. 
 

Apresentações: 

Dia 26 de outubro, às 14h, na Escola Castelo Branco  

Dia 27 de outubro, às 14h, na APAE 
 

Atração: O romance do Vaqueiro Benedito 

Sinopse: Benedito, Margarida e o Boi Estrela fogem da fazenda do Capitão João Redondo. Ela está grávida e eles chegam à cidade grande, e buscam estabelecimento entre a comunidade que forma a plateia. O menino nasce entre lutas e celebrações, o sanfoneiro afunfa o fole, e o melhor forró é dançado por bailarinos especialmente convidados, acabando tudo como convém a uma boa brincadeira de mamulengo. 
 

Ficha Técnica 

Brincante: Chico Simões 

Musicista: Anna Göbel 

Produção: Clara Nugoli 

Classificação: Livre 

Duração: 50 minutos 

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
API key not valid, or not yet activated. If you recently signed up for an account or created this key, please allow up to 30 minutes for key to activate.
plugins premium WordPress