Governador entrega licença para sistema de coleta e tratamento de esgoto na Ilha do Mel

O projeto de esgotamento sanitário na Ilha do Mel será feito em duas etapas, nas comunidade de Brasília e Encantadas, com investimento de R$ 33 milhões por parte da empresa Paranaguá Saneamento, responsável pelo esgotamento de efluentes na localidade.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior entregou neste sábado (22) a Licença Prévia (LP) que permite o início do processo de licitação para implementação do sistema de coleta e tratamento de esgoto nas comunidades de Encantadas e Nova Brasília, na Ilha do Mel, em Paranaguá, no Litoral. Ratinho Junior também anunciou neste sábado a revitalização da orla de Pontal do Paraná e outras obras na cidade, ultrapassando R$ 96 milhões em investimentos.

O projeto de esgotamento sanitário na Ilha do Mel será feito em duas etapas, com investimento de R$ 33 milhões por parte da empresa Paranaguá Saneamento, responsável pelo esgotamento de efluentes na localidade.

A Licença Prévia foi emitida pelo Instituto Água e Terra (IAT), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável (Sedest). De acordo com o cronograma, o próximo passo é a expedição da Licença de Instalação (LI), documento que autoriza o início das obras.

“Hoje é um dia histórico para a Ilha do Mel e para o Litoral do Estado como um todo. Nós estamos dando a licença para as obras de saneamento básico da Ilha. Vamos transformá-la na ilha mais sustentável do Brasil, com saneamento básico, qualidade de vida para a população e para os turistas que já vêm visitar a nossa Ilha do Mel e deixar o seu recurso nos restaurantes, pousadas”, destacou Ratinho Junior.

A primeira fase da execução do novo sistema deve começar ainda neste ano, pela praia de Nova Brasília. Serão instalados no local cinco quilômetros de extensão de rede, elevatórias e a estação de tratamento de efluente do modelo Reator Biológico de Leito Móvel.

A etapa seguinte tem previsão de início em 2025, na Praia de Encantadas, também com a implantação no local cinco quilômetros de extensão de rede, elevatórias e a estação de tratamento de efluentes do Modelo Reator Biológico de Leito Móvel. Já as casas mais afastadas serão atendidas individualmente ou agrupadas em sistemas específicos. A ação vai beneficiar aproximadamente 12 mil pessoas.

De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável, Everton Souza, a Ilha do Mel é um grande destino nacional, recebendo também turistas do mundo inteiro. “Esse é um destino fantástico, com belezas naturais, uma água maravilhosa. Nós temos que qualificar cada vez mais esse destino para que ele possa realmente trazer as pessoas e elas se sentirem ainda melhor aqui”, afirmou.

O diretor-presidente do IAT, José Luiz Scroccaro, destacou que o órgão ambiental busca melhorar a condição de vida dos moradores da Ilha do Mel, com foco em ações de sustentabilidade que possam ajudar no desenvolvimento da região.

“Queremos transformar o Litoral do Paraná. Isso está acontecendo hoje. É um orgulho, uma satisfação poder fazer com que a Ilha tenha um saneamento básico estruturado”, disse. “Isso significa uma ação de toda a equipe para que possamos transformar o Litoral e a Ilha do Mel num local ainda melhor para os turistas que vêm e para os paranaenses que aqui vivem”, explicou Scroccaro.

APOIO DA COMUNIDADE – Chefe do escritório regional do IAT no Litoral, o engenheiro ambiental Altamir Hacke destacou que o projeto conta com o apoio da comunidade, que foi ouvida durante as consultas livre, prévia e informada, realizadas ao longo dos últimos meses. Com isso, disse ele, os moradores atuaram diretamente para moldar o projeto, colaborando também com os sistemas de controle ambiental.

“Todo o processo de licenciamento foi analisado pela equipe técnica de diversas áreas do órgão ambiental. Foram realizadas as consultas junto às comunidades de Brasília e Encantadas e, também, obtivemos as manifestações dos órgãos intervenientes necessárias para a conclusão do licenciamento, seguindo todo o trâmite”, afirmou Hacke.

É o fim do improviso quanto ao tratamento de esgoto, comemorou o presidente da Associação dos Nativos da Ilha do Mel e Comunidades Tradicionais da Bacia de Paranaguá (Anime), Agnaldo Santos. “Isso é um sonho que está sendo realizado. Há muitos anos nós ouvíamos falar, mas nunca houve um projeto como este para termos coleta e tratamento de esgoto. Isso é bom não só para a nossa comunidade, mas também para a natureza, o lençol freático, os turistas”, ressaltou. “Foi a melhor coisa que já aconteceu na Ilha do Mel.”

Segundo a secretária da Associação dos Nativos da Ilha do Mel (Animpo), Marinelli Serafim, essa é uma espera de anos, e que agora terá fim. “Essas discussões em prol do saneamento são bem antigas, com uma grande expectativa da comunidade para que acontecesse. É uma questão de saúde pública, que vai atender a comunidade como um todo”, salientou Marinelli. “A partir do momento que nós tivermos uma Ilha do Mel mais estruturada, com certeza vamos ter um público maior de turistas”, opina.

O diretor-geral da Paranaguá Saneamento, Wagner Souza, ressaltou que as obras irão ajudar a melhorar os índices de balneabilidade da Ilha. “Nós estamos trazendo a coleta e tratamento do esgoto. Agora é a assinatura da licença prévia, com as condicionantes para a concessionária executar a obra para que, em breve, tenhamos a licença de instalação e início dos trabalhos”, explicou.

“Ter saneamento é ter saúde, traz mais turistas para a Ilha do Mel e é essa visão que foi expandida ao longo do tempo. A concessionária tem os recursos, está no contrato, e hoje chegamos nesse dia tão importante para os nativos. Os moradores merecem essa infraestrutura, essa qualidade de vida”, reforçou o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque.

CIDADÃO HONORÁRIO – Durante o evento de entrega da Licença Prévia, o governador Ratinho Junior e o secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, receberam o título de Cidadão Honorário de Paranaguá, conferido pela Câmara de Vereadores do município.

-
Sábado histórico marca pontapé inicial do saneamento na Ilha do Mel. Foto: Ari Dias/AEN


PRESENÇAS – Participaram do evento o secretário estadual do Turismo, Marcio Nunes; o superintendente da Casa Civil, Renato Adur (Relações Institucionais); o diretor de Patrimônio Cultural do IAT, Rafael Andreguetto; o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia; os prefeitos Roberto Justus (Guaratuba) e Rudão Gimenes (Pontal do Paraná); a vice-prefeita de Antonina, Rozane Osaki; a diretora-presidente da Federação do Terceiro Setor do Estado do Paraná, Cirleide Silva; o superintendente Patrimonial da União no Paraná, Tadeu Silva; além de vereadores, autoridades locais e servidores do IAT.

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
API key not valid, or not yet activated. If you recently signed up for an account or created this key, please allow up to 30 minutes for key to activate.
plugins premium WordPress