Projeto CastraPet iniciou essa semana no Litoral do Paraná

Começou hoje em Pontal do Paraná, segue até amanhã, com a expectativa de castrar 434 animais (ou seja, tem 434 vagas) e na sexta acontece em Matinhos, com 218 vagas. Neste semana, nos dias 14, 15 e 16, foram castrados 536 animais em Paranaguá..

O Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos (CastraPet Paraná) é promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), com apoio das prefeituras. Ele busca o controle populacional de cães e gatos e prevenção de zoonoses e este ano, com o atendimento a 219 municípios, atinge a meta de atender, até o final de 2022, 60% dos municípios paranaenses com a esterilização de pets..
Já atendemos mais de 30 mil animais desde 2020. O Programa está no contexto da Saúde Única, que relaciona a saúde ambiental, animal e humana, conscientizando a população sobre a importância da castração na saúde dos animais, na prevenção de abandono (evitando ninhadas indesejáveis) e quanto à importância da vacinação, vermifugação e visitas periódicas ao veterinário, bem como dicas de guarda responsável.

Como participar do Programa?
Os municípios que desejam realizar as castrações devem entrar com solicitação junto à Sedest ou aos Deputados Estaduais para liberação de recurso.
As prefeituras contempladas que definem os critérios de atendimento (CAD Único, protetores, OCS, animais de rua, etc) de acordo com a realidade do município. O agendamento da população é feito diretamente com a prefeitura.
No momento da inscrição, os tutores vão receber as orientações de pré e pós-operatório para que as cirurgias aconteçam de forma segura.
Após a castração, as famílias recebem gratuitamente a medicação pós-operatória e aplicação de microchip eletrônico de identificação animal, além de receberem todas as orientações para cuidados pós procedimento.

Fotos: Sedest

Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
API key not valid, or not yet activated.